Carregando...

Ebola-farsa-manipulacao-

Vários meios de comunicação internacionais denunciam que o Ebola é simplesmente uma campanha de propaganda gigantesca com a finalidade de vacinar países inteiros com vacinas experimentais.

“Se você viajar para a Libéria, um dos países mais atingidos pela epidemia de Ebola poderá encontrar em todo canto cartazes e mensagens que dizem:” O Ebola é real “, no entanto, nada mais é que uma vasta campanha de propaganda nos países africanos afetados tentando convencer as pessoas de que o perigo é real “, relata o Robot Pescador.

Nos países africanos afetados o Ebola foi tão real que pessoas caiam mortas em todas as partes a cada cinco minutos, por que é necessário fazer uma campanha de propaganda massiva financiada por grandes organizações internacionais sobre os supostos perigos do Ebola, se pergunta o autor do artigo.

Ele afirma ainda que, se o vírus produziu efeitos tão horríveis como eles dizem, a população dos países afetados deveriam olhar ao redor. Mas a verdade é que muitas das pessoas que vivem nos países da África Ocidental acreditam que o Ebola é uma conspiração de seus governos, em conluio com os Estados Unidos

Em um artigo no Daily Observer da Libéria, se acusa diretamente o Departamento de Defesa dos EUA e seus pesquisadores por criar armas biológicas, que seria responsável pelo surto atual.

Enquanto outros meios de comunicação revelam outras suspeitas, como a qualquer pessoa que adoecer pode ser considerada infectada pelo Ebola.

“Quando você está doente com cólera, eles dizem que você tem Ebola. Quando a temperatura de seu corpo sobe e tem um pouco de febre, dizem-lhe que tem Ebola. Então, eu honestamente não acho que o Ebola existe. Poderia haver um monte de outras doenças matando pessoas”, disse um vendedor ambulante de Serra Leoa citado pelo portal ‘NPR‘.

Dúvidas e suspeitas

Enquanto isso, o jornalista investigativo Jon Rappoport diz em seu blog que o teste para diagnosticar Ebola não é de todo confiável, e ainda afirma que a falta de fiabilidade de tais provas foi confirmado por seus criadores.

No entanto, o diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos EUA, Anthony Fauci, citado pelo “Independent Sentinel” disse: “A medida que a epidemia se espalha cada vez mais e, em alguns casos, escapa do nosso controle, é necessário implantar programas de vacinação em países inteiros, a fim de controlá-la. Esta é uma possibilidade a considerar”.

Ou seja, está considerando a possibilidade de um cenário com a imunização de países inteiros com vacinas experimentais criadas por gigantes farmacêuticos.

Realmente estamos sendo submetidos a uma das campanhas de manipulação mais abrangentes, contraditórias e complexas que já experimentamos em muitos anos, destaca o ‘Periodismo Alternativo’.

Por um lado,continua, parece que se exagera muito a real extensão da epidemia, e tampouco se diz a verdade sobre o modo de transmissão do vírus, como o demonstram os casos de profissionais da saúde infectados nos EUA e Espanha, embora eles estivessem vestindo roupas de proteção especiais.

De acordo com o site, o surto de Ebola é simplesmente uma manipulação criado com a intenção de realizar um grande negócio através da vacinação. Embora neste caso, a narrativa seja muito mais complexa e os objetivos parecem ser muito mais ambicioso e obscuros.

Elisandro

Recomendados para você:

Comentar com o Facebook

Comentários...